quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

BA: MEC disponibiliza material para viabilizar o ensino inclusivo


A distribuição de material visa à inclusão educacional e faz parte do Programa Nacional de educaçã

Tania Miranda

O Ministério da Educação (MEC) distribuiu para 32 escolas públicas da Bahia notebooks para uso dos alunos deficientes visuais matriculados no ensino médio. A distribuição dos equipamentos visa à inclusão educacional e faz parte do Programa Nacional do Livro Didático.

Para que esta ação obtenha resultados, é necessário que os professores sejam capacitados para trabalhar com as novas tecnologias. Nesse sentido, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio da coordenação de educação especial, ofereceu cursos em 2007 e em 2008 com o objetivo de preparar os docentes para a tarefa de educar as pessoas cegas. A capacitação pretende também assegurar a permanência dos equipamentos doados pelo MEC, como impressora, notebook e software Dosvox nas escolas e nos centros de apoio que foram contemplados.

A parceria entre MEC e Secretaria da Educação vem resolver um dos problemas que dificultam a inclusão educacional. A impressora Braille ainda é um equipamento de alto custo, o que obriga os alunos deficientes a recorrerem aos centros ou salas de apoio para ter acesso aos textos, livros e avaliações impressas em Braille. Agora os deficientes visuais contemplados irão contar com programas que permitem ler e editar os seus textos, acessar a internet, imprimir livros didáticos em Braille e os seus próprios trabalhos, por meio de uma impressora Braille computadorizada e softwares específicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário